<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d10210114\x26blogName\x3din+loco\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLACK\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://selph.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://selph.blogspot.com/\x26vt\x3d-2414873366062592404', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

morpheu_3 - 31/10/2005

Image hosted by Photobucket.com


.meio do fim

.1

.2

update - mudei a segunda sequência, agora sim faz sentido (?), bem, como disse no comentários, quando terminar de desenhar (??) esse sonho tosco que tive, irei fazer um post explicando cada quadrinho dessa saga (cof,cof) pra vcs.

Selph - 12:23 PM

0 Comentários

[auto] - 27/10/2005

- A Natureza joga dados conosco.

- A História tem um senso de humor irônico.

- O tempo é uma constante variável.

- O dinheiro tem asas.

- As pessoas... bem, é melhor não falar delas.

- Humm, vou falar sim: elas estão presas numa massa de terra e água que gira infinitamente no nada, até sair do eixo e...(bem, é melhor não falar sobre isso)

- Certas coisas só fazem sentido quando perdem o sentido

- As constatações são sempre seguidas de um: "e daí?"

- Os gostos se discutem pra poder se misturar.

Ainda assim, a vida segue seu curso no modo automático.

...e quem apertou o play ainda não deu as caras de fato.

Selph - 12:16 PM

0 Comentários

questão 3 - 25/10/2005

Suicida...

...e se a morte não for o fim?

E se todos os seus traumas fizerem parte da sua essência e por conseguinte te acompanharem pra outra vida?

Não teria adiantado muito se matar, não?

Mas eu sei. Eu sei que vc é partidário do pensamento de que a morte é o fim de tudo. Então vc quer desaparecer de vez...

Entendo. Olhando por esse lado até que faz algum sentido.

Mas sabe o que não faz nenhum sentido?

Ficar se afogando. Ficar se debatendo.

Se vc se debate, é óbvio que é porque ainda tem algo de vc querendo viver.

Obviedade pura.

E hipocrisia.

Não te parece que se tivesse mesmo chegado a hora, vc nem pensaria 2 vezes? E muito menos faria alarde sobre isso?

Talvez o que te aflija nem seja o medo da morte. Ou do que vc vai deixar ou ainda do que não aproveitou.

Talvez vc tenha medo de ficar na eterna dúvida, no limbo da razão e da emoção, no limiar da loucura e da contrariedade.

Então vc não seria mais um suicida em potencial.

...e sim alguém que está sofrendo.

E de alguma maneira esse processo de sofrimento pode te ajudar superar a contrariedade.

Se vc sobreviver até lá.

Selph - 12:22 PM

0 Comentários

machito - 21/10/2005

"homens são putas"


...mas putas tmb tem sentimentos, né?

Selph - 10:23 AM

0 Comentários

[editado pelo sentimento] - 19/10/2005

Pensando

Em responder o email
Em falar com vc

.saudades totais.

Me especializando

Em gostar de vc
Em adorar ouvir sua voz
Em ansiedade
Em expectativa

.necessidade de algo mais.

Esperança?
sim

Contida?
não

"Te adoro tmb..."

...e isso está ficando cada vez mais natural dizer.

Te encontro na grande rede. Mas te darei carinho fora dela.

*coloque aqui o numero de beijos que vc quiser*


obs.: quem diria... consegui.

Selph - 10:58 AM

0 Comentários

Andarilhos - parte II - 17/10/2005

Parte I


...começou.

E (ó surpresa!) é real, embora haja aqueles que insistam em catalogar tudo que vem da Internet ou dos computadores em si como lenda.

Tipo:

"É virtual? Ah! Vc está se iludindo! Está viajando, não existe ninguém do outro lado! Isso tudo é uma enganação, na verdade os bit e bytes se reuniram e estão respondendo essas perguntas pessoais, ou então existe um duende gordo e careca do outro lado... Acredite, na vida virtual tudo é mentira"

...

Vivemos numa época interessante. Chegamos num nível em que a tecnologia influi diretamente com as relações na sociedade, e no próprio trato para com o próximo.

E expõe ironias que antes só enxergávamos diante da TV. E de maneira cômica.

Eu por exemplo, vivo no extremo norte de um país continental.

Meu organismo (ou a maneira como o meu corpo enxerga o ambiente) esta muito mais a par com a de um venezuelano ou colombiano do que com a de alguém que more no sul deste mesmo país.

Logo, a NET estabelece esse tipo de contato. Colocando cara a cara, culturas, estilos de vida e realidade totalmente diferentes umas das outras. E direto. Sem anestesia.

S: Vc já estudou ou parou pra pensar em como o ser humano evolui em tecnologia mas em questões culturais e de relações com o próximo continuamos na Idade Média? Ou da pedra em alguns casos?

J: É real, é isso que o Foucault fala que a sociedade muda de cara


Muda. Estamos em processo de mudança.

E como foi dito na primeira parte: "(...)num futuro, eles vão estudar a gente, e vão dizer que foi aqui que tudo começou"

E isso é tão real quanto eu ou vc.

Selph - 12:21 PM

0 Comentários

_o/ - 14/10/2005

vc que gosta de curtir uma melancolia, venha dividi-la comigo.

contanto que seja verdadeira.

se vc é assim, então somos seres semelhantes. e o melhor de tudo é que não vemos nada de ruim nisso.

simplesmente é.

essa natureza nunca vai acabar: alegria triste, felling ou cool, tanto faz, chame como quiser, só entende que traz isso de berço.

a melancolia se instaura como um vírus, ao qual somos imunes nos efeitos mais nocivos, mesmo sentindo grande parte do seu poder.

a melancolia ser for jogada ao alto evapora. igual a um bom combustivel de avião, logo, a sua natureza muda de estado -

- mas continua lá.

ela pode ser separada átomo por átomo de imaginação e continuar a se reagrupar como por mágica . e é por essas e outras...

...que a felicidade é compacta.

ainda bem.

Selph - 7:50 AM

0 Comentários

~ divagação ~ - 12/10/2005

ah muito obrigada por imprim...

(invisível)

...ei você não tá prestando atenção no que eu fal...

(invisível)

aí nesse momento, entra no meu cérebro
com seu violão e um banquinho
um cantor, desses que deixam até o chapéu
pra você deixar uns trocados pra ele

"Lord, can you hear me now?
Lord, can you hear me now?
Lord, can you hear me now?
Or am I lost?" *

então ele sai de cena e deixa só o banquinho

...você apagou mesmo, ou agora está de birra porque eu não prestei atenção no que você estava falando?

...hã?

(invisível)

as vezes eu lembro da estrada sendo construída
só duas pessoas, cada uma com uma pá
afastando as pedras e matos
e depois de tanto tempo de trabalho
quando se presume que vão descansar
uma das pessoas aparece
e passeia na estrada
com outra pessoa
e a outra vai atrás de alguém que a ajude a
abrir mais outra estrada

e nunca se aprende

é normal

estradas são abertas
mas nem sempre você vai passear nelas
algumas, vc só vai ajudar a construir
é cruel
não

(invisível)
(invisíve)
(invisív)
(invisí)
(invis)
(invi)
(inv)
(in)
(i)

...mas que diabos você quer?

...

* Cold Water - Damien Rice



---


créditos a Katy (ex-pseudo punk), grande escrito! Valeu!

Selph - 10:49 AM

0 Comentários

morpheu_2 - 10/10/2005

Image hosted by Photobucket.com


.começo do fim

.começou aqui.

Selph - 9:52 AM

0 Comentários

_play_ - 07/10/2005

Após visitar os mais diferentes tipos de blogs, comecei a notar certos padrões e lugares comuns.

Por exemplo: O lance de colocar o "O que eu estou ouvindo" no final de cada post.

Alguns colocam "ouvindo: música tal/artista tal", outros põe figurinha de um alto falante ou fones de ouvido, existe quem só coloque a música e a banda.

Enfim, o fato é que eu fiquei curioso em saber se escrever escutando música ajuda.

E tentei.

Não, no meu caso não ajudou. Desconcentrou-me. Sempre que ouço algo que gosto me perco na melodia e na batida. Sem falar na letra que me faz lembrar de mil assuntos. Infelizmente não dá pra fazer um post falando sobre mil assuntos. Bem, pra mim não dá. Não mais.

Música é ferramenta pra moldar o seu mundo. Cria-lo do jeito que vc quer.

...isso parece verbete. Certa vez fiz uma porrada de verbetes relacionados a música, bandas, álbuns e afins. Tipo:

- coletâneas não tem personalidade

- acústicos MTV tmb não

- shows ao vivo? Hum... nem sempre.

- em um CD, a música 7 tem sempre algum diferencial, geralmente vira single ou é a “incompreendida” do disco

- apesar dos puristas afirmarem o contrário, o formato do CD é muito mais romântico do que o do vinil

- discos seguem a lógica dos filmes (o segundo tem que ser tão bom ou melhor que o primeiro pra poder dar continuidade a franquia). Porém, há exceções:




Ventura – Los Hermanos (se bem que esse é o terceiro né?)


- existem discos que só funcionam como um todo:




Descobrimento do Brasil – Legião Urbana





quase todos do Nine Inch Nails


- em contrapartida, existem discos que parecem um fileira de singles.



Black Album – Metallica




Nevermind – Nirvana




Ten – Pearl Jam




Definitely Maybe – Oasis



e a lista não termina mais...


- pessoas que se dizem ecléticas demais no gosto musical, na verdade não sabem e nem gostam de porra nenhuma.

- música pode abranger todos os tipos de governos ou ideologias. Pode ser nazista, democrática, comunista, anarquista e até a favor do Enéas.

- respeito demais faz bem aos dentes e mal ao ego dos estilos

- mingaus musicais tem que ter consistência, senão viram Carnaval. Tem coisa de mais mal gosto do que Carnaval?

- clássicos são lindos, bem feitos, ou seja, são o sublime da música. Pena que alguns insistam em retrata-los como elitistas

- esse negocio de dizer que musica alegre é pra pular e musica triste é pra chorar é besteira. Eu por exemplo: choro quando ouço boquinha na garrafa ou funk.

- música pode até ser rotulada, mas definitivamente não é um produto

- isso vale pra qualquer estilo

ouvindo: o barulhinho da CPUPC

Selph - 9:01 AM

0 Comentários

papel e caneta - 06/10/2005

Pronto. Aí está o que alguns bloguemios quiseram ver no guardanapo do Fellice

Tá a maior palha (como a Theya costuma a dizer), mas estranhamente ele teve um efeito profético (ou nem tanto). Que seja, sem mais comentários sobre aquela noite.

---




I

Então...

Um lobo não precisa uivar toda noite para* a Lua. Se prestar atenção ao redor, ele verá que toda alcatéia tem o seu momento de abandono.

Um pequeno e simples abandono...

...um pequeno lapso naquele que não pára e...

...ele fica só.

Só, ele vê melhor
Só, ele se perde facilmente
Só, ele não gosta

Mas assim, ele consegue se ver.

Ele ri dos estereótipos equivocados que insistem em lhe agregar ->

---


Image hosted by Photobucket.com


-> II

"Lobo Solitário"

HAHAHA!

Todos deviam saber que os lobos estão entre os seres mais gregários que existem. Vivem em bandos...

Mas esse fato não os impede de uivar em* todas as noites de lua cheia. Pois as suas melancolias nem eles mesmos conseguem explicar*. Apenas sentir.

E sentindo, ele vai indo.

Até que o seu clamor o liberte e o* torne parte de um universo harmonioso.

No qual um dia ele* irá habitar

Para todos os que* uivam ou contemplam

Este é o meu canto!

---


*alguns erros e esquecimentos, não todos, pois eu erro muito.

Selph - 7:59 AM

0 Comentários

ploft! - 03/10/2005

"esperma é a arma do povo"

Selph - 12:18 PM

0 Comentários