<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d10210114\x26blogName\x3din+loco\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLACK\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://selph.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://selph.blogspot.com/\x26vt\x3d-2414873366062592404', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

alguns já viram... - 31/08/2005

... pois é, já postei esse texto em outro lugar. Lugar que por sinal não deu certo (infelizmente), então como este post é inédito aqui, resolvi publica-lo

Triálogo

Certa noite, dois amigos íntimos conversando:

Ele: Não esquenta! Nada de stress! vamos perguntar pra ela de uma maneira simples, clara e direta.

ele: tá, tá! mas é que eu tô nervoso! sabe né? é a minha reputação que está em jogo. é todo um estilo de vida que pode ser abalado com uma simples resposta!

Ele: E se nós não perguntássemos? Que tal tentar mais um vez e prestar atenção nas reações?

ele: sei não... da ultima vez eu senti um certo vazio, sei lá! acho que as nossas dúvidas tem fundamento...

Ele: Ora, vamos lá! Vc sabe que no fundo isso não tem nada a ver, não é?

ele: não sei pq, mas sempre achei que isso fosse uma desculpa delas pra não nos magoar...

Ele: Er... vc acha? Será? Creio que não. Com tantos cientistas, médicos, especialistas no assunto dizendo que não tem nada a ver...

ele: e vc acredita neles? o que vc sabe? vc lê pensamentos? NÃO! e se tudo isso for parte de uma conspiração mundial para nos manter eternamente enganados? nas raias da paranóia? dominados pela insegurança e pelo medo?

Ele: Será?

ele: enquanto vc fica aí pensando a fila anda. veja bem: se não fosse, então não existiriam boatos. pra quê tais estórias? se ninguém iria ganhar nada com isso? onde tem fumaça...

Ele: Eu ainda acho que...

ele: Shhh! Aí vem ela!

Ela: Boa noite amor! Tudo bem? Como foi o seu dia hj?

Ele: Er... Foi bom. Hj no escritório recebemos um fax da Matriz e...

ele: não enrola e pergunta logo!

Ele: Tá bom, mas é que eu tenho que criar um clima antes!

Ela: O que vc dizia?

Ele: ahnn? Nada não... E como foi o seu dia?

Ela: Ah! Maravilhoso! Hj o chefe teve que se ausentar na repartição no segundo horário. Fiquei batendo papo a tarde inteira com as meninas

ele: na certa falaram de nós...

Ele: É, na certa falaram de p...

Ela: Como amor?

Ele: Nada não. Continue!

Ela: Hummm... Pois bem, ficamos a tarde inteira jogando conversa fora, lendo revistas e tomando cafezinho.

ele: EU SABIA! AS REVISTAS FEMININAS DE HJ EM DIA SÓ FALAM NISSO!!!

Ele: Er...cof, cof, unpf, ehh... e o que mais?

Ela: Ué? Nada de mais amor...

ele: pergunte sobre o que elas conversaram. AGORA!

Ele: E qual foi o tema da conversa mesmo, hein?

Ela: Ah, besteiras! Coisa de mulher...

ele: argh!!! tá na cara que elas falaram sobre a nossa dúvida. vamos! seja homem e pergunte agora!

Ele: Peraí... Ah, conta vai! Eu gosto de saber das fofocas!

Ela: Nada demais, a Regina está de dieta, a Sônia vai se divorciar do marido e a Cris está saindo com um colega da faculdade...

ele: hunf! agora tenho certeza de que conversaram sobre isso...

Ele: Nossa! Quantas novidades...

Ela: É... Bem, agora me dá licença que eu vou tomar um banho, tá?

Ele: Tá amor! Te espero no quarto.

E ela sai em direção ao banheiro tirando as roupas...

ele: frouxo!

Ele: Frouxo é? Queria ver se fosse com vc!

ele: frouxo!

Ele: Muito bem! Então vamos tirar a prova dos nove agora! Vamos lá e perguntar na cara dura.

ele: como assim? ei! o que vc está fazendo?

Ele: Ora o que vc acha? Vou lá expor o nosso pequeno problema e aguardar um veredicto!

ele: ei! vc não pode fazer isso!

Ele: Já estou fazendo!

Ambos se dirigem ao banheiro. Totalmente nus.

ele: vc está louco? estou morrendo de frio e...

Ele: Shhh! Fica quieto e não resmunga mais. Er... Amor?

Ela: Uau! resolveu vir tomar banho comigo?

Ele: Hummm... sim! Posso?

Ela: É claro que pode!

Ele: Mas antes tenho uma pergunta...

ele: tá doido??? vc vai fazer essa pergunta justamente agora que eu tô todo encolhido e tremendo de frio???

Ela: Diga.

Ele: Bem, vc... er...

Ela: Sim?

ele: brrr...!

Ele: O que vc acha dele?

Ela: Dele quem?

Ele: DELE (aponta)

ele: aff... sou tão insignificante que ela nem me notou.

Ela: Ah! ele. Bem, eu acho ele bonitinho...

ele: ARGHHH!!!!!!

Ele: Pfff... só?

Ela:E o que o Sr. quer mais?

Ele: Hã, tipo: vc acha ele...

ele: por favor! não pergunte! eu mudei de idéia, eu posso conviver com essa dúvida! vamos embora vai! esquece isso!

Ela: ...que ele?

Ele: AH! CHEGA! Eu vou perguntar de uma vez!

ele: NÃO!

Ele: SIM!

Ela: Vc que saber seu eu acho ele grande?

ele: ...

Ele: ...

Ela: É isso amor?

Ele: Bem, na verdade... ah! fodasse! é sim!

ele: acho que vou morrer de vergonha!

Ela: Olha amor! Tamanho não é documento...

ele: AH!!! NÃO!!! ESSA FRASE PRATICAMENTE CONSTATA TUDO!

Ele: É... eu sei, mas é que ultimamente eu ando meio grilado com isso...

Ela: Não se preocupe! É natural pra vcs (eu acho)

ele: se é tão natural, então pq essa dúvida enche tanto o saco?

Ele: é...

Ela: O importante é que funcione bem!

ele: o que ela quis dizer com isso? isso é alguma indireta?

Ele: Calaboca! Bem, amor mas tipo: em comparação com os seus outros namorados, bem... eu gostaria de saber...

Ela: E pq isso agora?

ele: pq eu sei da conspiração de vcs, fêmeas!

Ele: Nada não! Mas é que outro dia eu estava passando na banca de jornais e vi uma matéria na Cosmopolitan que dizia que o tamanho do p* do homem era correspondente a distância entre o polegar e o indicador esticados. Aí depois eu lembrei daquele seu ex-namorado baixista que tinha os dedos enormes e...

Ela: Tá bom, tá bom! Pode parar!

ele: snif, acho que vou encolher tanto de frio e de vergonha que virarei um verruga saliente...

Ele: Para de falar merda!... já parei.

Ela: Amor, olha pra mim...

Ele: Tô olhando...

Ela: Não stressa com isso não tá? É assim que começam os problemas conjugais. Com esse tipo de stress
e insegurança


ele: hunfp! daqui a pouco ela vai dizer que a culpa da maioria das separações é nossa...

Ele: Eu sei, eu sei...

Ela: E mesmo se ele fosse do tamanho de uma noz eu iria adora-lo! Pois descobriria um jeito dele me dar prazer. Além do que, o importante é estar juntinho assim como estamos agora. É o momento entende?

ele: aff... detesto esse espirito esportivo das mulheres

Ele: Entendo. Mas na real: Vc acha que o meu está de bom tamanho?

Ela: Acho que ele tem o tamanho perfeito pra mim!

ele: ou seja, mignon

Ela: E por falar nisso, vc sabe que eu conheço uns truques perfeitos para deixa-lo bem grandinho...

Ele: Hehehe! é eu sei...

ele: sei, sei, aí ela vai começar a elogiar o cara do nada, dizendo que o fulano aí é especial e blá, blá, blá. que tem dias em que ela está um pouquinho mais larga do que o normal, que eu sou bonitinho, que sirvo bem aos propósitos dela, que... EPA! QUE QUE É ISSO? HUMMM... rapaz! nunca tinha reparado que sua namorada era tão gostosa! nossa! que peitos! que bunda! Huhú! é a primeira vez que a vejo assim de frente, nas outras vezes era só na horizontal, hehehe! mas sim... o que está acontecendo comigo? ah não! não acredito! isso é golpe baixo! peça pra ela me largar agora!!! ei! tira a mão daí sua conspiradora! tira a... hum... não... não... pára! pára! não... pára! não, pára, não pára! não pára! NÃO PÁRA! NÃO PÁRA! NÃO PÁRA! CONTINUA!!!! AHHH....!

MORAL DA ESTÓRIA: Diálogos são bons, mas TRIÁLOGOS SÃO MELHORES AINDA!

Selph - 8:11 AM

0 Comentários

00 - 26/08/2005

É como se o tempo conspirasse para isso

Começa com um pensamento incomum. Levando ao pé da letra, tudo o que é incomum ou não é esperado é visto como erro. De grosso modo funcionaria desta maneira. Um erro...

Um erro que por si só iria consumir-se e desaparecer. Entretanto, ele vai continuar crescendo enquanto obtiver alimento da mais reles esperança.

Na verdade ele sobreviveu pq não haviam provas suficientes do seu malefício. E à medida que o tempo passa (conspira), as possibilidades vão seduzindo cada vez mais.

Possibilidades que antes não passavam de idéias desconhecidas ou não esperadas (erros tmb) e que agora vão ganhando força. E assim inicia-se o processo de mudança.

Porém, eu o abortei no meio do caminho...

"...e como se toda a força do que eu queria sentir por alguém um dia , como se a soma de todos os corações abandonados da cidade estivesse aqui presente..."

...o processo acabou.

Restou o nada, o zero, o mundo incompreensível das infinitas possibilidades.

Os matemáticos estão realmente certos em afirmar que ninguém consegue definir o que é o zero. Pois o zero é o valor mais complicado de se obter, já que parte do princípio da não-conformidade. Da oscilação eterna

E é assim que as coisas ficam sempre. Nas infinitas possibilidades...

Selph - 2:56 PM

0 Comentários

chuva - 22/08/2005

Quando o assunto é sentimentos*, não existem níveis seguros. É 8 ou 80%


Infelizmente
Indiferentemente
Invariavelmente



até pra ficar apático...



* sentir mesmo e não fingir que sente

Selph - 7:34 AM

0 Comentários

cielito - 18/08/2005



não é por parecer triste
que eu realmente seja
até as tempestades mais cinzas
tem lá a sua beleza

se não tenho a sua alegria
não significa que eu seja infeliz
muitos palhaços riem à toa
pra esconder seu lado gris

veja no céu, por exemplo
nas cores de todos os dias
predominam o azul e o preto
que inspiram melancolias...

porém, no azul existe o rosa...
...e o rosa se torna nulo
mas a noite não é pavorosa
apesar do seu tom escuro

e mesmo as penas mais duras
não deixarão eternas seqüelas
pois são nas noites mais escuras
que brilham mais as estrelas


Selph - 9:09 AM

0 Comentários

o que vc acha? - 16/08/2005

Ainda agora, tomando café no refeitório, estava assistindo (não que eu quisesse, não tinha escolha...) ao Mais Você da Rede Globo. Era uma entrevista sobre alguma idiotice a respeito de relacionamentos, baladas e afins. Eu não sei quem eram os entrevistados, só sei que estavam todos na faixa dos 25 pra cima.

Como não poderia deixar de ser, clichês e mais clichês redundantes. Porém, isso já é default na TV brasileira, então nem liguei muito. Entretanto, não sei pq acabei me incomodando deveras com o nível de achismos que os entrevistados e a apresentadora usavam.

Achismo - muleta do linguajar cotidiano

O cara do refeitório troca de canal e coloca num noticiário. Entrevistas na rua e... mais achismos! Desta vez impregnados com uma soberba vontade de dizer a "verdade"

Argh!

Ninguém mais tem certeza do que fala não?

Eu tenho...

...tenho certeza de que essa coisa de "achar isso, achar aquilo" é totalmente reflexo de um época em que tudo tem que ser maleável pra poder sobreviver. Até as opiniões e lógico: as pessoas.

Ninguém quer desagradar totalmente. É uma imparcialidade que me deixa entediado.

Parece que todos estão em cima do muro.

O mais chato disso é que geralmente a pessoa usa o achismo como respaldo. Caso a sua idéia se mostre equivocada lá na frente, ela pode alegar que "achava" e não que tinha dado a palavra. O medo de defender os seus argumentos impera, sendo que quase sempre esses argumentos são frutos de opiniões alheias. Ironias...

Se não tem certeza fique calado. Ou pelo menos diga "eu creio" em vez de "eu acho"

Soa mais digno

"Com certeza"?

Não. Essa é outra muleta detestável... Ninguém mer... ARGH!

...já fui contaminado.

Selph - 8:09 AM

0 Comentários

fantasmas - 15/08/2005

Image hosted by Photobucket.com


- andando pelas ruas num fim de tarde eu percebi que toda cidade tem os seus ecos -

- vozes que ainda vibram nas esquinas,
nos rostos, costumes ou olhares da sua população -

- porém, sua força maior reside nas estruturas -

- elas são a morada dos fantasmas urbanos -

- estes por sua vez, se revelam apenas quando incitados pela imaginação alheia -

- são mais comuns do que se imagina -

- ali, naquela varanda, alguma jovem pode ter sido agraciada com uma seresta -

- ...ou ter apreciado o movimento dos transeuntes -

- esta casa caindo aos pedaços já foi a morada de um rico comerciante -

- nela se falavam as mais diversas línguas -

- são tantos templos, casas, pedras moldadas... -

- e apesar de toda a ruína, elas ainda traspiram vida -

- é só prestar atenção -

- é pena que o nosso estilo atual de construção não seja tombado no futuro -

- é pena, pois nossos fantasmas poderiam contar estórias -

- estórias deste século que vai passar -

- iguais as que as almas que ficaram nas construções de outrem, nos contam -

- pois as vozes não são uma constante inerte, ao contrário do tempo -

- elas se movem, pelo vento das esquinas, pelo calor do fim do dia, no silêncio do aglomerado -

- eu os ouço -

- e ouço -

- e ouço... -


Image hosted by Photobucket.com

Selph - 9:54 AM

0 Comentários

intuito falho - 12/08/2005

Original é apenas o óbvio pintado com cores diferentes...
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.

óbvio demais, não?

...mas nada original

Selph - 10:16 AM

0 Comentários

- 10/08/2005

O nível de dor que se pode sentir é
proporcional ao nível de felicidade
que se pode alcançar?

Selph - 6:55 AM

0 Comentários

os 25% do país - 08/08/2005

Muitos dizem que a região norte é atrasada devido ao seu isolamento geográfico e ao fato da região não ser lá muito aprazível.

Até concordo, é quente, úmida, ou seja abafada, o custo de vida é alto e não existem muitas opções de entretenimento. E (que Deus não queira) em breve talvez não existam mais de emprego...

Porém, temos um ás na manga, a floresta! Morar numa região com a maior biodiversidade e estoque de água doce de planeta tem lá o seu valor. Valor altíssimo por sinal. E muito esquecido pelos brasileiros diga-se de passagem...

Aqui é simplesmente outro mundo. Não é o Brasil que a maioria conhece pela TV. O ar, a comida, os costumes, a cultura, o nível de informação e até o ritmo é diferente.

Diferente de uma maneira que muitas vezes eu considero ruim. Mas não é só culpa nossa.


"No final do séc. XIX,
a extração do látex das seringueiras da
Floresta Amazônica atraiu dezenas de
milhares de migrantes e o interesse de
grandes companhias extrativistas, em
especial européias e norte-americanas.
A economia cresceu rapidamente até o final
do século e Manaus, capital do estado do
Amazonas, ganhou ares europeus, expressos
em sua arquitetura e, em especial, no que
veio a ser o símbolo da riqueza do período:
o Teatro Amazonas."



E o resto da história, todos nós que moramos aqui e que estudamos a 6º série, sabemos:


"Nas primeiras décadas do século XX,
com a concorrência da borracha asiática,
a borracha amazônica perdeu mercado e a
economia regional entrou em rápido declínio,
voltando a recuperar-se apenas em meados do
século XX, a partir de iniciativas do Governo
Federal."



Ou seja: Ficamos num hiatus o resto do séc., ignorados pelo Sul Maravilha e defasados em relação ao mercado asiático que utilizava a mais alta tecnologia da época para a extração de borracha.

Vcs sabem o que acontece quando uma região que já foi rica tem a sua fonte de renda cortada e fica em hiatus?

Os exemplos estão na História do mundo:

* Paraguai após a guerra

* Roma após a queda do Império, nessa época a ignorância era tanta que os nativos da cidade achavam que o Coliseu tinha sido construído pelos deuses do Olimpo.

* Cuba após a queda da União Soviética

* Hong Kong após a saída do ingleses

Então, decadência...

Se as coisas tivessem sido um pouco diferentes, talvez hj nós fossemos o Estado mais rico do país. Tanto econômica quanto culturalmente.

No início dos anos 80 experimentamos um certo up com a vinda da Zona Franca. Logicamente pra suprir tal pólo comercial tivemos o aval de criar o Distrito Industrial.

Várias empresas migraram pra cá e com a vantagem de não pagarem uma dúzia de impostos. Entretanto, parece que o Brasil (ou melhor São Paulo) não gosta muito da gente. Da ultima vez que levaram essa discussão adiante ficou acertado que a Zona Franca existiria até 2013.

Consequentemente se a Zona Franca deixar de existir, milhares de empresas do Distrito Industrial perderão a mamata com relação aos impostos e irão embora...

...fica lógico o interesse dos paulista em acabar com um pólo industrial na região norte. As empresas que saírem daqui irão direto para o ABC.

2 pontos:

1 - Poucos sabem, mas no auge do ciclo da Borracha, o Estado do Amazonas foi um dos que mais contribui para com o Tesouro Nacional (em média 25%). Além de abonar grande parte das dívidas dos "todo poderosos" Rio e São Paulo. Ou seja, bancamos os riquinhos lá durante as vacas magras e hj eles querem nos ferrar de vez...

2 - Todo brasileiro enche a boca pra falar: "A Amazônia é nossa", "Pq a floresta é patrimônio nacional" e todo aquele blá, blá, blá politicamente correto. A verdade que poucos sabem da realidade daqui ou melhor, não sabem de porra nenhuma. E isso fica claro quando a ignorância impera nos preconceitos com quem é do Norte e na imbecilidade de quem ainda acha que aqui é um reserva indígena.

...às vezes eu penso de maneira bem mercenária. Não temos um potencial absurdo em nosso território? Certo.

Ninguém do país dá a menor bola pra gente e só lembram de nós quando o assunto é Ecologia ou sugar benefícios as nossas custas? Certo.

Então pq diabos ainda honramos a tal "Pátria Amada"? Que no final das contas mal sabe da nossa existência?

Se é pra vender-se criar laços, vamos fazer isso com alguém que possa nos dar um maior número de vantagens.

Em tempo: a maioria das ONG´s, institutos de pesquisa, empresas e profissionais ligados ao meio ambiente que operam aqui são gringos. Provenientes da Europa.

Mas aí surge a dúvida: primeiro foram os portugueses, depois o sudeste brasileiro, e agora? Vamos ser capachos dos gringos?

Não sei, sinceramente não sei se os gringos vão só querer sugar tudo aqui e cair fora, mas creio que não.

Numa época em que o mundo está cada vez mais se voltando para as fontes de energia naturais, para a pesquisa de medicamentos na flora e para preservação do meio ambiente, as expectativas são bem melhores do que ficar fazendo parte de um país sem verba, respeito ou memória sobre nós...

Em todo caso só temos duas alternativas:

...viramos mais um produto a ser sugado até o fim pelos gringos (vide o puteiro que Cuba foi para os E.U.A antes de Fidel)...

ou


... viramos uma capital mundial devido
a importância do que temos aqui.


O tempo, só ele, vai dar a última palavra.

Selph - 6:47 AM

0 Comentários

“Vem que agora o final é meu...” - 05/08/2005



...ela estava certa. Novamente.


Me quebrei sim, porém, desta vez, e só desta vez senti que valeu.

Percebi isso assim...

-----------------------------------
- quarta, 00:45 am -

Mika diz:

Estou tentando manter as coisas vivas dentro de mim...

Selph diz:

Algo me diz que vc não vai esquecer deste ano...

Mika diz:

hahaaha

Mika diz:

Espero...

Mika diz:

Estou precisando de uma reviravolta

Mika diz:

Acho que mereço

Mika diz:

Sempre tentei agir da maneira mais racional possível

Mika diz:

Sempre tão equilibrada

Mika diz:

Apesar de não parecer

Mika diz:

hehehehe

Selph diz:

Eu tmb...

Selph diz:

Tmb quero dar uma chance pra mim.

Mika diz:

É isso aí

Mika diz:

A gente merece

Mika diz:



Selph diz:

É... tmb acho.

Selph diz:

Tá na hora.

Selph diz:

3 anos pra mim

Selph diz:

E não sei quantos pra vc...

Selph diz:

Mas isso não importa.

Mika diz:

4 anos, ó...

Mika diz:

Mas agora estou aberta, sabe?

Mika diz:

Falo no lance de se permitir...

Selph diz:

Isso mesmo

Selph diz:

Vc tocou no ponto

Selph diz:

De que adianta estar disponível e ate ficar com alguém se vc não se permite?

Selph diz:

Tem que partir de vc... inevitavelmente

Mika diz:

Pois é...

Selph diz:

Eu, aos poucos...

Selph diz:

Bem, pouquinho...

Selph diz:

...começo a enxergar uma luz.

Mika diz:

Hahahaahahaha!

Mika diz:

Saquei.

Selph diz:

É sério!

Selph diz:

Não tem ninguém, pelo menos ninguém que esteja perto de mim. Tipo, fisicamente.

Selph diz:

Entretanto a ansiedade tá indo embora...

Selph diz:

Parece...

Selph diz:

...parece que quem apanha muito é por que logo vai se libertar.

Mika diz:

Pois é... Tbm estou me livrando das idealizações...

Mika diz:

Isso pra mim tá sendo muito bom

Selph diz:

Cara...

Selph diz:

Se eu te falar tu não vai acreditar!

Selph diz:

Hj, todos, eu digo TODOS...

Selph diz:

...estão épicos no Messenger

Mika diz:

hahaahahahaha

Mika diz:

Será q é a Lua?

Mika diz:

Nem olhei pra ela hj

Mika diz:

E olha que praticamente todos os dias eu a vejo

Selph diz:

Será?

Selph diz:

hehe, pode ser viu?

Selph diz:

Outro amigo aqui do Messenger tá proferindo "altas verdades"

Selph diz:

Parece até fim de estória do Senhor dos Anéis

Selph diz::

Epílogos. Tipo, "...e foi assim que tudo terminou."

Selph diz:

Em outra janela uma colega minha esta dizendo que vai namorar sério desta vez

Selph diz:

E me fez outras revelações

Selph diz:

Ela (Asgard Princess) me deu o número do seu cel. Imagine!

Selph diz:

Parece que finalmente vou conhecê-la

Selph diz:

E vc tá com esse nick...: "Vem que agora o final é meu..."

Mika diz:

Não é nada demais. Música do Gram

Selph diz:

Parece meio épico mesmo

Mika diz:

hahahaahahaha

Mika diz:

Altas revelações e evoluções hein?

Mika diz:



Selph diz:

Pois é...

Selph diz:

tipo

Selph diz:

“eu escrevo o final desta estória”

Selph diz:

“...e o inicio de uma outra.”

Mika diz:

hã?

Mika diz:

Como assim?

Selph diz:

Vem que agora o final é meu...

Selph diz:

...pois AGORA eu tenho as rédeas e posso escrever o final da estória.

Selph diz:

E vc sabe que todo final de uma estória é o inicio de outra né? Sei que é manjado, mas...

Mika diz:

Gostei disso

Mika diz:



Mika diz:

Vc tem razão...

Selph diz:

Será? Não sei, só sei que isso vai virar post...

-----------------------------------


Às vezes uma queda te dá mais certeza e esperança daquilo que vc quer, do que uma vitória...

P.S - eu e Mika somos apenas amigos



P.S 2 -

Você me deu alguma coisa que não tinha
Mas ter sem usar
Eu era tão frágil ganhador
Também forte perdedor
Meu coração está embaixo preso novamente
Mas eu quebrarei soltarei
Minha cabeça está me dando vida ou morte
Mas eu não posso escolher
Alguém tendo o melhor, o melhor, o melhor, o melhor de você?
Alguém tomará sua crença?
Isto é real, a dor você sente
Sua confiança?
Você deve confessar
Alguém está tendo o melhor, o melhor, o melhor, o melhor de você? *


The best of you - Foo Figthers

* ela me lembra vc tmb, Ban...

Selph - 9:06 PM

0 Comentários

forças ocultas - 03/08/2005



=




Quem trabalha com informática está mais próximo a um mago do que a um engenheiro, pois vive mexendo com forças ocultas.

Em suma: com tantos bugs, trojans, scripts, regras, rotas, sintaxes, spys, códigos, palavras próprias, linguajares próprios, símbolos (pen drive no pescoço = pentagrama no pescoço) e atmosfera virtual, a informática já pode ser considerada como mais uma rama do ocultismo...

...pois é cheia das macumbas!

Selph - 8:22 AM

0 Comentários

ser estranho - 01/08/2005

Recentemente, a moda era tingir os cabelos de
ruivo (cor muito comum na Irlanda) alisa-los ou
deixa-los levemente encaracolados e assumir um
ar blasé. As brasileiras entraram nessa de cabeça
(literalmente)

***


...enquanto isso em Dublin (capital da Irlanda)
as nativas se desesperam pra pegar um bronzeado
nas praias espanholas e usar uma calça que deixa
as medidas nos glúteos parecidas com as das...

brasileiras.


***


Que estranho! Vai entender... mas adoro-as mesmo assim.

Selph - 7:47 AM

0 Comentários