<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d10210114\x26blogName\x3din+loco\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLACK\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://selph.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://selph.blogspot.com/\x26vt\x3d-2414873366062592404', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

made in Paraguay

Uma leve brisa seguida de um calor seco.

mas não abafado.

Local por vezes sinistro, mas essa primeira impressão logo passa após conhecer o povo. Gente humilde, que se vira como pode pra sobreviver.

E se o famigerado jeitinho brasileiro existe mesmo, certamente deve ter um primo paraguaio.

A cidade Assunción é cheia de ruas de terra batida, com pessoas em cadeiras nas frentes das casas tomando tereré* e apreciando o fim de tarde, ruas vazias no fins de semana, baladas que só vão até as 3 da matina, mulheres lindas, um certo tédio... ah! e algumas vacas pelo caminho.

Sim, vc leu direito: vacas. Não que o centro em si seja cheio delas, mas as estradas que unem as localidades um pouquinho mais distantes, têm.

Eu conheci a parte rica. Fiquei no melhor hotel. Fui em cassinos. Bebi e comi do melhor mas...

...senti, vi, cheirei e percebi que essa não era a essência do país. Pena, pois o povo guarani é conhecido por sua doçura no trato com as pessoas. Bem, experimentei isso sim, mas de maneira ($$) diversa.

E essa maneira ($$) nunca é garantia de fidelidade. Que seja, pelo menos eles sabem fazer por onde. E apesar da fama mundial de contrabando, existem atributos, história e esperança bem verdadeiros ali.

Não sei se sentirei saudades. Mas foi válido. E como.

* é o mesmo chá mate tomado no Rio Grande do Sul,
apenas com algumas variações nas ervas
e no fato de ser servido frio.


P.S´s:

3 a 0 encima de um timeco


Cerro es campéon!



Rio Paraguay


Fronteira com a Argentina



hasta la vista!


...e a viagem continua, Adiós pampas!

Selph - 5:28 PM