<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d10210114\x26blogName\x3din+loco\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLACK\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://selph.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://selph.blogspot.com/\x26vt\x3d-2414873366062592404', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

por aqui e agora

É isso

Agora, depois das fases ruins, da alienação e da dor, o que resta é aprendizado. Tentar tirar algo disso. É um escape, admito, mas um escape que te dá lucros.

Existem coisas que vão além de vc. Coisas que vc preza, mas acaba esquecendo. Até o acaso vir de encontro e esfregar na sua cara o que realmente importa. E acredite, poucos tem sorte nessas horas.

A culpa é uma ratoeira muito bem bolada. Mesmo admitindo que vc a tenha, isso não te dá nenhuma garantia de fuga. Muito pelo contrário, às vezes te deixa mais consciente da prisão.

Prisão que te dá vícios estranhos, como por exemplo, as desculpas hipócritas. Engana-se quem pensa que elas aliviam. Não, elas só jogam mais merda no ventilador e na consciência de quem as diz.
.
.
.
.
.
.
.
.
Infelizmente nesses casos só o tempo mesmo. E o tempo nunca tem pressa.

A não ser quando vc não pensa muito nele. Mas isso é outra estória...

Selph - 3:00 PM