<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d10210114\x26blogName\x3din+loco\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLACK\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://selph.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://selph.blogspot.com/\x26vt\x3d-2414873366062592404', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

+ alvo +


Não é surpresa que a cada dia que passa, mais e mais jovens estejam optando por morar com o pais ao invés de ir atrás de um canto só seu. Alguns podem pensar que isso seja comodismo. Talvez, mas tem um pouco de praticidade tmb.





Urubserve:

- Hj em dia não é mais obrigatório necessário uma moça se casar antes dos 30, logo, sair de casa pra ir morar com o marido não é mais uma constante como era anos atrás.

- Emprego legal e bom local pra morar são coisas mais difíceis de encontrar.

- Tendo casa garantida, os jovens podem aproveitar o resto do tempo para se preocupar com outras coisas, como estudo por exemplo.

- Muitos pais passam a profissão e os bens materiais (casa, carro, etc) para os filhos. Geralmente quem acaba ficando com isso são os caçulas, visto que os primogênitos tem uma tendência maior a sair de casa.

- O número de caçulas aumentou. As maiorias dos casais do meio da década de 70 até 80 tiveram mais de um filho.

- Com isso, os casos de herança são mais freqüentes.

- Além do que, a era da "liberdade geral e irrestrita" acabou devido ao aumento da violência.

Lógico. Nada substitui a sensação de ter algo construído com as próprias mãos e de ser finalmente dono do seu nariz. Porém, dependendo do caráter e das condições ($$) de cada um, isso pode ser construído dentro de casa.

Eu sou um exemplo.

Entretanto eu tmb penso em morar só um dia, em ter minha casa (embora eu prefira apê) e minhas coleções de livros jogados por lá...

... porém tmb penso que passar de uma: situação agradável e vantajosa para outra em que não sei bem aonde vou parar apenas por causa do ego, seria precipitado.

No momento atual é claro...

Só que o problema do momento atual é que ele tem o péssimo hábito de se transformar em pra sempre. Quando vc percebe já foi...

E é por aí que ando. A idade chega e o futuro que costumava a andar lento agora voa.

Vc fica meio que tendo que escolher pra qual lado atirar e rezando pra dar certo de primeira. Resquício humano natural, ninguém gosta de sofrer.

Na maioria das vezes as pessoas fazem essa escolha de maneira aleatória (a vida vai seguindo e levando, levando). Ou em outros casos alguma coisa acontece e muda o rumo. Por exemplo: filhos, amores, ofertas de emprego, estudos.

Sinceramente... não sei a que grupo pertenço, talvez aos dois. Aliás, existe um terceiro grupo. O grupo daqueles que planejam e cumprem. Ou pelo menos fazem de tudo para cumprir.

Não sei, estou mirando. Pela primeira vez em 26 anos estou mirando. E sozinho, já não posso (e não devo) mais pedir ajuda.

Se vou acertar ou não, aí são outros quinhentos.


Marcadores:

Selph - 12:30 PM