<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d10210114\x26blogName\x3din+loco\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLACK\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://selph.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://selph.blogspot.com/\x26vt\x3d-2414873366062592404', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

del ocho

Sou chavista.



Não, não tem nada a ver com este mané aqui:












...mas sim com este!









Ops! Foi mal. Chespirito, ou melhor, Roberto Gómez Bolaños, não é nenhum mané, mas sim (na minha opinião) um dos maiores heróis que a TV latina já criou, pois atravesar décadas sem fazer nenhum episódio novo e ainda ficar em primeiro lugar no Ibope não é pra qualquer um.

Además, o cara conseguiu criar um humor que se adapta tanto as crianças quanto aos adultos. E como se não fosse batida o bastante esta frase que vou dizer agora: sem utilizar linguagem chula ou apelação

Além do Chaves, ele ainda deu vida a uma ótima sacada sobre a febre dos heróis americanos: El Chapolin Colorado, que por si só já teria feito história ao mostrar uma face mais humana dos ditos "invenciveis". Covardia, malandragem e pq não? Um certo atrativo para com o sexo oposto, coisa que os batmans e supermans da época não mostravam, pelo menos não de maneira natural...

Hj em dia existem formas muito mais sutis de se fazer humor. Vide as animações da Pixar, Dreamworks e até Disney. Aquilo lá não é compreendido nem 50% por uma criança, logo, a simplicidade em se fazer algo pra este publico resvala na falta de opções e, é claro, simpatia.

Marcadores:

Selph - 3:00 PM