<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d10210114\x26blogName\x3din+loco\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLACK\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://selph.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://selph.blogspot.com/\x26vt\x3d-2414873366062592404', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

presta ou não presta?

Hiato. Mais uma semana escrota de trabalho. Sem Net, evidentemente...

Agora eu não sei mais quando volto, o treco complicou tanto por aqui, que tá arriscado eu ficar dias e mais dias fazendo extra. E eu que pensava que seria simples postar de casa. Haha!

E como as idéias, inspirações e quase toda a minha atenção estão voltadas nesses ultimos dias para esse tema, aí vai mais um da série...

!*#


Vantagens em ser prestador de serviços:

* O contrato que pode ser renegociado de acordo a um período de tempo estipulado no mesmo, simplificando o vínculo com a empresa que te contratou

* Vc pode trabalhar em outro local num mesmo dia. Geralmente as prestações de serviços são apenas de meio expediente. Isso evita um monte de dor de cabeça com questões de horário e permanência no local de trabalho.

* Ainda na questão dos horários: Sendo full time, vc entra a hora que quiser. Sem essa de “bater cartão”.

* Não existem problemas com coisas como “fidelidade à marca” ou “acordo de cavalheiros” com as empresas

* Vc pode contratar outros profissionais pra fazer as partes chatas do seu serviço. E por um preço muito mais em conta.

* Em caso de problemas, vc deve se reportar apenas aos gerentes ou diretores. Ignorando a encheção de saco dos supervisores, administradores, trainnies, estagiários ou qualquer outro tipo de peão.

* Vc trabalha um bocado. Em compensação, ganha muito mais do que se trabalhasse a mesma quantidade sendo empregado da instituição.

* Possibilidade de receber 50% da baba antes de começar o serviço. Um estímulo e tanto.

* Nada de uniformes incômodos e/ou ridículos (o antigo da empresa em que trabalho era rosa. Ui!)

* Vc é quem define qual é a melhor maneira pra obter o resultado pedido. Até os padrões mais xiitas podem ser obtidos mediante uma variação no método.

Desvantagens em ser prestador de serviços

* Apesar do seu contrato ser diferente dos outros, ainda existem regras comuns a todos. Como: dia de pagamento e metas pré-definidas.

* Definitivamente sem: férias, banco de horas, extras, seguro desemprego e benefícios extras. Não é obrigatório o contratante fornecer: transporte, ticket refeição, seguro contra acidentes e local próprio.

* Em certos lugares, vc só sai do prédio quando terminar TODO o serviço. Madrugar é comum...

* Sempre que some alguma coisa, quem não é da empresa é o primeiro suspeito.

* E a recíproca é verdadeira: se vc tiver alguma ferramenta ou material que chame a atenção, é melhor guardar bem. Quem não faz parte do quadro de funcionários é o alvo preferido.

* Assim como os horários podem ser flexíveis, há casos em que eles se tornam inflexíveis. Como serviços que só podem ser executados quando a área estiver vazia. Traduzindo: fim do expediente.

* Geralmente os prazos de entrega são curtíssimos. Tipo, pra ontem

* Trabalhos sujos e difíceis são sempre os mais requisitados

* Prestadores de serviços "polivalentes" e "com domínio em diversas áreas" são muito bonitos na teoria. Já na prática, o que é mais pedido mesmo são os "pau pra toda obra" e "barato e rápido".

* Finalmente: se der alguma merda, se o serviço não for bem feito ou se vc quebrar alguma coisa, isso não será descontado do pagamento final, mas virá em forma de monstruosas multas contratuais. Quase sempre mais caras que o orçamento em si.

!*#


...sinto falta de quando tinha tempo pra escrever outro tipo de sandice por aqui.

Selph - 6:35 AM