<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d10210114\x26blogName\x3din+loco\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLACK\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://selph.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://selph.blogspot.com/\x26vt\x3d-2414873366062592404', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

ipanema no ar

In Rio...

...e sem ter o que fazer durante uma manhã inteira. Felizmente o dia estava ensolarado e a pedida seria dar uma volta pela praia. Sugiro a idéia pra ela e logo estavamos prontos pra conhecer os dois locais arenosos mais famosos da Cidade Cartão Postal: Copacabana e Ipanema.

Porém, assim que botamos os pés pra fora do prédio surgem as primeiras gotas de chuva. É, Murphy...

E o pior é que não passavam e nem engrossavam de vez. Ficavam naquela de chove não molha chato, porra! Parecia até São Paulo...

Buso, metrô, pernas, e logo estávamos em frente ao Copacabana Palace. Manjado pra caramba, eu sei, mas pra dois bichos do mato que nem nós o importante era marcar presença. O dia continuava adoravelmente nublado.

Após tirar 4 fotos (duas do hotel e duas da praia cheia de gringos) resolvemos tentar a sorte em Ipanema, vai que até lá o clima melhora né?

Chegando no famoso calçadão, constatamos que realmente ali é um local de elite, de pessoas finas, diversificadas, com a mente aberta e outra visão de vida...

- Porra, quanto viado!

- Vc acha? Eu creio que vc está enganado...

- Ué? vc não percebeu? Olha aqueles dois ali, é... aquele ali com a blusa da Inglaterra. Blusa não, top.

- Impressão sua. Só estou estranhando que nesta parte da praia não tem muita mulher.

- Deve ser pq eles expulsaram todas. Sinto que aqui deve ter rolado um massacre de fêmeas.

- Deixa de viagem, Sete...

- Vem, vamos dar uma volta e tomar algo.

Eis que assim que saímos da barraca em que estávamos nos protegendo da garoa...

ui,ui,ui


- ...

- ...

- Puaf! Não te disse?

- Disse o que?

- Olha lá

- Onde?

- Ali, na direção daquela tenda...

- Aqueles tiozões passando bronzeador uns nos outros?

- Não. Aquela bandeira!

- Ah! O que tem?

- O que tem? Vc não sabe o que ela significa?

- Não...

- Vem cá que eu te explico...

Procurei sair da vista dos homens do local, alias, chama-los de homem era sacanagem...

Após explicar o que significa a dita bandeira, pedi pra Gwen voltar a prestar atenção nos belos especimes que passavam perto de nós e olhavam pra ela com um certo ar de enjôo.

- Viu só? Não te disse?

- Porra! Quanto viado!

- Pois é, até que alguns parecem simpáticos, quer dizer, eles olham pra mim de maneira simpática, já pra vc...

- Ah, nem todos né?

- É verdade. Quem nos visse agora diria que eu sou machista e vc retrográda.

- É, não vamos ficar fazendo comentários sobre eles. Temos que respeita-los

- Pois é, só por que eles tem uma opção diferente que a nossa? Nada a ver, né?

- Isso. Vamos dar uma volta e ver mais da praia

- Ok, é... olha aqueles dois...

- Ahan... er... unhpf...

- cof, cof, ernr... ahan...

- HAUAHUAHAUHUAHUA!

- Ei! pára de ri...AUHAUHAHAUHAUHA!

- Não dá, HAUHUAUHAUAHA!

- Não deixe eles perceberem que estamos rindo deles.

- É, vc seria massacrado. Já pensou?

- Já. Eles me empalariam pelo cu no mastro daquela bandeira por não respeitar o movimento. Eu ficaria ali apodrecendo pra servir de exemplo pra todos que ousarem desrespeitar a causa

- HAUAHAUHUHAUA!

- E vc seria acorrentada naquela ilha ali. Conhece o mito de Andrômeda? Pois é, vc ficaria presa naqueles rochedos esperando a POWER-PINK-SUPER-FASHION-FERA-DO-MAR vir sodomiza-la...

- HAUHAUHAUAHUAHUA!

- Hehe!

- Seria uma fera gigante. Um mega polvo rosa que em cada tentaCUlo teria consolos prontos pra me detonar. Ela iria submergir fazendo o barulho: "UUUUIIIII" e atacaria gritando: "UARHUULLLLL"

- AHUHAUA! E as bichas na praia ficariam entoando cânticos ritualísticos de Village People ou Fred Mercury.

- HAUAUAUH!

Não teve jeito. Descobrimos que o bom humor e a viadagem estão intrinsecamente ligados. E olha que após começarmos a rir, algumas bibas até passaram a simpatizar conosco. Passavam e sorriam pra nós.

Apesar da chuva (de purpurina), a manhã acabou sendo divertida. Divertida não, "UM LUXO!", hehe!

E pra quem por ventura não tiver gostado das nossas colocações (ui!) um tanto quanto grosseiras, ora, é tudo brincadeira! É de sacanagem mesmo.

E por favor, não venham com discursos prontos ou algo do tipo. Pois não se trata de discriminação. Confundir sacanagem com discriminação é muita burrice, para não dizer "frescura" ou "viadagem".

P.S - Ela tmb tem postado sobre a viagem. Com muito mais sentimento e propriedade, digasse de passagem.

P.S 2 - E como todo caboclo, eu tmb tirei uma foto do Cristo Redentor. E BEM NÍTIDA. Vejam que lindo!

quase nítido não?

O Rio de Janeiro continua lindo...

Selph - 9:59 AM