<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d10210114\x26blogName\x3din+loco\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLACK\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://selph.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://selph.blogspot.com/\x26vt\x3d-2414873366062592404', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

pq

pq existe algo além de mera imagem e informação

pq trabalhamos com variáveis desconhecidas e mesmo assim obtivemos um resultado conhecido

pq a distância pode ser medida em saudades, além de kilômetros

pq antes de encontrar a resposta é preciso achar a pergunta

pq a redundância depende do modo, do dia, e até da pessoa para ser realmente... redundante.

pq por mais que o tempo apague imagem, toques, cheiros ou palavras, ele nunca vai apagar sentimentos. Quem faz isso somos nós...

...logo, temos o poder.

pq... não tem sentido

...e mesmo assim faz.

nós

...o virtual é o real em potencial*


*PIERRE LÉVY

Selph - 2:40 PM