<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d10210114\x26blogName\x3din+loco\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLACK\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://selph.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://selph.blogspot.com/\x26vt\x3d-2414873366062592404', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

♀ = ♂ = ...?

Não vejo nenhuma vantagem nas afirmações que a algumas mulheres fazem a respeito dos homens.

Desde a clássica "eles são todos iguais" (que nem convém comentar aqui), até aquela que eu julgo mais perigosa. Pra elas.

"Homens são burros..."


Sei da enorme vantagem que as mulheres levam em cima de nós no quesito emocional.

Sei tmb das suas qualidades na hora de detectar detalhes.

E logicamente, sei que quem comanda a escolha do parceiro quase sempre são elas.

Mas penso que é ruim pra algumas delas pensarem que nós homens somos todos burros. Pois isso faz elas nos subestimarem.

E é aí que mora a ruína destas mesmas.

Pois é de sabedoria geral (menos de algumas mulheres) que tem muito homem por aí que faz questão de cultivar esse lado, apenas pra ser subestimado e conseguir o que quer.

Por BURRO, entenda-se não apenas a falta de inteligência em si.

Mas a excessiva síndrome de “coitadinho”
O jeito manhoso e birrento...
...ou exageradamente rude. Caricato.

Que nós nunca vamos chegar ao nível de excelência que as mulheres possuem no que diz respeito a sutilezas, isso não é novidade.

Porém, alguns de nós aprenderam com elas após anos e anos de observação.

E viram que arrogância não é a questão, a questão é que somos iguais sob aspectos diferentes.

E isso nem a religião, política, ciência ou música conseguiram explicar direito...


tem quem enxergue assim...



...ou assim.

Selph - 12:28 PM